27.5 C
Barra de São Francisco
90

Deputado agredido: Desabafa Após Agressão do PT no Plenário

Date:

Compartilhe:

Na quarta-feira (20), o deputado federal Messias Donato (Republicanos-ES) emocionou-se no plenário da Câmara dos Deputados ao abordar o lamentável incidente e repercussões em que foi agredido com um tapa no rosto pelo colega Washington Quaquá (PT-RJ).

Deputado agredido: incidente e repercussões
Deputado agredido: incidente e repercussões

Neste triste episódio, Messias compartilhou sua indignação após assistir a uma entrevista de Quaquá, na qual o petista afirmou que ‘atacaria novamente’. Com lágrimas nos olhos, Donato declarou: ‘Esta Casa não foi destinada para isso, não é um campo de batalha. O confronto deve se dar no campo das ideias, cada um defendendo suas trincheiras. Não tenho culpa por defender a vida, a família e os valores cristãos. Não tenho culpa.’ Em seguida, recebeu aplausos dos colegas.

O Que Ocorreu

Messias comentou sobre a entrevista de Quaquá e expressou sentir-se “humilhado”. O legislador relatou ter assistido a uma entrevista do petista afirmando que “agrediria novamente” se tivesse a chance. Com lágrimas nos olhos, Donato afirmou: “Esta Casa não é destinada a isso, não é um campo de batalha. O confronto deve ser no campo das ideias, cada um defendendo suas trincheiras. Não tenho culpa por defender a vida, a família e os valores cristãos. Não tenho culpa.” Em seguida, recebeu aplausos dos colegas.

Colegas Consolam o Deputado

Mais de cinco parlamentares subiram ao plenário para apoiar Messias. Ele aproveitou para agradecer a todos os colegas, independentemente do partido, pelo apoio recebido após o incidente. Donato mencionou ter passado por uma cirurgia dentária na segunda-feira (18), no mesmo lado em que levou o tapa.

Cobranças e Medo

O deputado agredido busca respostas e afirma estar com medo. Durante seu pronunciamento, destacou que a resposta ao caso deve ser representativa para todos os brasileiros e revelou estar abalado tanto fisicamente quanto psicologicamente. Em resposta, colegas ecoaram pedidos pela cassação do petista. “O comportamento desse indivíduo, que não posso chamar de parlamentar, não pode ser tolerado.”

O Incidente

Quaquá filmava o deputado Donato, o que desencadeou uma discussão que culminou no tapa. O vice-presidente do PT confrontou o colega da oposição, sem dar tempo para a intervenção de outros parlamentares.

Nikolas Ferreira

O petista dirigiu insultos ao bolsonarista Nikolas Ferreira (PL-MG), chamando-o de “viadinho”, enquanto se encaminhava para o confronto com Donato. A declaração preconceituosa ocorreu momentos antes da agressão física ao deputado do Republicanos.

Quaquá justificou sua reação, alegando ter sido empurrado e impedido de gravar. Confirmou que a confusão começou com vaias ao presidente Lula (PT). Posteriormente, o petista se afastou, permanecendo no plenário. Seguranças intervieram no local da agressão, posicionando-se entre as bancadas da esquerda e da direita, conforme relatou o deputado Caveira (PL-PA) ao UOL. Não foram registrados outros episódios de confronto.

-publicidade-spot_img

━ MAIS LINKS

Novo Advogado de Alexandre Correa, Associado a Marcola, Assume Defesa Contra Acusações de Ana Hickmann

O caso envolvendo Alexandre Correa e Ana Hickmann tomou um novo rumo com a entrada de um novo advogado na defesa do empresário. Bruno...

Tragédia no Motocross: Assassinato de Wesdrason Silva Choca Comunidade

Tragédia no Motocross: Assassinato de Wesdrason Silva Choca Comunidade Na manhã do último domingo (7), um trágico incidente abalou Barra de São Francisco, Espírito...

Tragédia nas Trilhas: O Brutal Assassinato do Piloto Wesdrason Silva

Na manhã ensolarada deste último domingo (7), a estrada que corta Barra de São Francisco, no Espírito Santo, testemunhou um episódio trágico que abalou...

Governo do ES entrega obras e anuncia convênio da nova rodoviária de Barra de São Francisco

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, nesta sexta-feira (05), no município de Barra de São Francisco, na microrregião Noroeste, para a inauguração de...

Fugitivos de Mossoró são recapturados após 50 dias em Marabá, Pará

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento foram recapturados em Marabá, Pará, a cerca de 1.600 quilômetros de distância da prisão de segurança...

Deixe um Comentário

Por favor, insira seu comentário!
Seu comentário está aguardando moderação