Número de casos confirmados de malária em Vila Pavão sobe para 43

Subiu para 43 o número de casos confirmados de malária em Vila Pavão. As informações atualizadas foram divulgadas na manhã desta segunda-feira (6) pelo secretário municipal de Saúde Cláudio da Cruz de Oliveira.

O secretário lembra que foram realizadas 68 lâminas negativas que serão qualificadas nesta segunda-feira para saber se são sintomáticas ou não.

Devido ao alto número de casos confirmados, um laboratório foi montado para funcionar 24 horas por dia. No local é feito exame para confirmar a doença (o resultado sai em cerca de 30 minutos) e os pacientes recebem medicametos para combater a doença. O movimento no fim de semana, sábado (4) e domingo (5) foi intenso. Um grande número de moradores das regiões onde estão concentrados os focos foram ao laboratório fazer exame sanguineo.

O Subsecretário de Estado de Assistência à Saúde Fabiano Marily e o Secretário de Estado da Casa Civil Paulo Roberto Ferreira, estiveram em Vila Pavão na tarde deste Sábado (4), para conhecer de perto o trabalho conjunto que está sendo realizado para conter o surto de malária no município.

“Nós viemos ver In loco, a pedido do Governador do Estado e do secretário de Estado da Saúde, o trabalho que está sendo realizado e apoiar o município na figura do Prefeito Municipal e toda essa equipe multidisciplinar, trazendo um lote de medicamentos para complementar a assistência, e também para observar se é necessário trazer novos equipamentos ou ampliar a estrutura aqui existente, mas pelo que vejo, está sendo realizado um bom trabalho e as equipes estão muito bem articuladas. Nos temos aqui, a equipe do município, da Regional de Saúde de São Mateus, do Lacem (laboratório de referência estadual para análise) e Vigilância Epidemiológica do Estado. Enfim, viemos demonstrar que estamos de mãos dadas para vencer mais essa batalha”, disse.

Para atuar no seu combate, foi criada no município uma força-tarefa em conjunto com o Estado e Ministério da Saúde. A equipe da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) chegou ao município na última segunda-feira (30) e começou uma ação conjunta com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA)  e a equipe epidemiológica local.

Segundo a equipe local,  os focos da doença estão concetrados nas localidades de Conceição do XV (Cascudo), Assentamento, Praça Rica e Córrego do Estevão. Os municípios vizinhos estão em alerta. Em Barra de São Francisco, até o ultimo fim de semana haviam sido confirmados pelo menos 4 casos da doença.

As pessoas que contraíram a doença estão sendo tratados com medicamentos fornecidos pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA). O caso de uma pessoa que veio a óbito e a identificação da origem do possível caso fonte que possibilitou a propagação da doença, estão sendo investigados.

Os sintomas da malária vão aparecendo em ciclos, na medida em que o parasita vai infectando e rompendo os glóbulos vermelhos. Diante disso, a equipe integrada que monitora a malária em Vila Pavão recomenda a todos, atenção redobrada aos sintomas mais comuns da doença: febre, dor de cabeça, vômitos e calafrios. Se alguém estiver com esses sintomas, deve procurar imediatamente atendimento no Posto de Saúde.