Suspeito de participar das mortes dos irmãos Ruan e Damião é preso em Vitória, diz polícia

Prisão aconteceu nesta quarta-feira (21), no Morro da Piedade. Os irmãos foram mortos no dia 25 de março.

O traficante Jean Gaia de Oliveira, conhecido como Chocolate, foi preso pela Polícia Militar nesta quarta-feira (21), no Morro da Piedade, em Vitória.

Chocolate (de azul) é suspeito da morte dos irmãos Ruan e Damião — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Chocolate (de azul) é suspeito da morte dos irmãos Ruan e Damião — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Ele é o principal suspeito de envolvimento nas mortes dos irmãos Ruan Reis, de 19 anos, e Damião Marcos Reis, de 22, no dia 25 de março de 2018.

Irmãos são mortos no Morro da Piedade — Foto: Reprodução/Facebook

Irmãos são mortos no Morro da Piedade — Foto: Reprodução/Facebook

A tenente Estéfane da Silva Franca Ferreira, da Polícia Militar, disse que Chocolate foi detido durante uma operação da PM na comunidade onde os irmãos foram assassinados.

“O suspeito estava no terraço de uma residência. Ao ver a chegada dos policiais, tentou jogar fora armas e objetos que guardava em uma mochila. Contudo, como os militares estavam muito próximos, na subida da ladeira São Bento, não deu tempo para ele tentar reagir. Informações dão conta de que ele é suspeito de envolvimento na morte dos irmãos Ruan e Damião.”

Com Chocolate foi encontrado três armas (calibres 12, 40 e 9 mm), dois coletesbalísticos, sete rádios comunicadores, 135 munições e toucas balaclavas.

Violência

Segundo a polícia, o grupo responsável pelas mortes no Morro da Piedade, em Vitória, tinha sido expulso do local em 2012 por João Paulo Ferreira Dias, que era considerado o chefe do tráfico no bairro.

Em março, esse grupo voltou ao morro e procurou Ruan Reis, de 19 anos, pedindo que ele informasse onde o chefe do tráfico estava. Ruan disse que não sabia e foi executado.

O irmão dele, Damião Reis, de 22 anos, foi ajudar o irmão e também acabou morto. Segundo a polícia, Ruan e Damião são inocentes e não possuíam envolvimento com o tráfico.

Já João Paulo Ferreira Dias foi preso no dia 12 de julho, no bairro Canaã em Viana, durante uma operação da polícia.

Armas apreendidas com Chocolate — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Armas apreendidas com Chocolate — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Crime

Os dois irmãos Ruan e Damião foram mortos na madrugada de um domingo, no dia 25 de março, no Morro da Piedade.

Na época do crime, testemunhas contaram à polícia que quatro homens entraram no quintal da casa dos dois irmãos e encontraram Ruan primeiro. Perguntaram onde estava o “patrão”, mas o jovem disse que não sabia de quem se tratava.

Ainda segundo as testemunhas, os quatro homens imitavam o linguajar de policiais, mas não estavam fardados, vestiam preto e estavam encapuzados.

Eles chamaram Ruan para um interrogatório e o rapaz seguiu com eles, mas assim que o irmão Damião saiu da casa para tentar impedir que os homens levassem o mais novo, foi atingido por vários tiros. Ruan foi a segunda vítima.

A perícia da Polícia Civil encontrou 22 marcas de tiros no corpo de Ruan e 20 no de Damião, mas no local do crime foram recolhidas mais de 60 cápsulas.

A morte dos jovens causou comoção e protestos com pedidos de justiça.

Fonte: G1.ES