Médicos cubanos começam a deixar unidades de saúde do ES

Em Linhares, no Norte do estado, houve uma confraternização de despedida para os profissionais. Estado contava com 210 médicos cubanos.

Médicos cubanos que atuavam em unidades de saúde do Espírito Santo através do Programa Mais Médicos já começaram a deixar os cargos desde esta terça-feira (20). A saída dos profissionais acontece após Cuba anunciar que deixaria o convênio por causa de declarações “ameaçadoras” do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

A médica cubana Tânia trabalhava em uma unidade de saúde de Cachoeiro de Itapemirim — Foto: Luiz Gonçalves/TV Gazeta

A médica cubana Tânia trabalhava em uma unidade de saúde de Cachoeiro de Itapemirim — Foto: Luiz Gonçalves/TV Gazeta

Em Cariacica, os cubanos já não estão mais atendendo, segundo a prefeitura, e, em Vila Velha, alguns já deixaram de trabalhar. Em Colatina, município do Noroeste do estado, o último dia de trabalho dos oito profissionais de Cuba foi nesta terça-feira (20). E, em Linhares, uma confraternização foi organizada para a despedida desses colegas.

Ao todo, o Espírito Santo tinha 210 médicos cubanos, segundo dados do Ministério da Saúde. O maior número de profissionais de Cuba no estado está no município da Serra, que conta com 30 deles. De acordo com o prefeito, a previsão é de que esses profissionais deixem o país em 40 dias.

No interior do estado, Cachoeiro de Itapemirim é o município com mais médicos cubanos. São 23 profissionais do país caribenho na cidade. A prefeitura já abriu contratação de novos profissionais. Já São Mateus contava com 15 deles.

Municípios capixabas que mais receberam médicos cubanos — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Municípios capixabas que mais receberam médicos cubanos — Foto: Reprodução/TV Gazeta.

Veja a situação dos principais municípios:

Grande Vitória

  • Vitória

A capital tinha 5 médicos cubanos nas unidades de saúde. A prefeitura não informou se eles já deixaram o cargo, mas disse que vai pleitear cinco vagas das 8.517 ofertadas pelo Ministério da Saúde, e convocará médicos do cadastro de reserva de processo seletivo realizado recentemente

Os usuários com consultas agendadas foram reconduzidos a outros profissionais médicos das próprias Unidades que farão os atendimentos.

  • Vila Velha

Em Vila Velha, nove médicos cubanos atendiam na região de Terra Vermelha. Eles começaram a encerrar as atividades desde esta terça-feira (20). A prefeitura disse que vai convocar médicos que foram aprovados em processos seletivos.

  • Serra

A Serra conta com 30 médicos cubanos. O prefeito disse que vai convocar médicos que já foram aprovados em concursos e fazer novas contratações.

  • Cariacica

Em Cariacica, 7 médicos cubanos atuavam em 24 unidades de saúde da cidade. Segundo a prefeitura, eles já não estão realizando atendimento nas seis unidades de saúde em que eram lotados. Eles estão no processo para o encerramento do contrato e ainda não há confirmação de quantos médicos ficarão e quantos irão embora.

A Prefeitura de Cariacica disse que vai fazer a contratação de novos profissionais e que está com um processo seletivo para contratar pelo menos 14 médicos.

  • Viana

Em Viana, atendem sete médicos cubanos. Segundo a prefeitura, com a medida anunciada pelo Ministério da Saúde, sete novos médicos serão destinados para cidade.

  • Guarapari

Em Guarapari, apenas uma médica do Programa Mais Médicos é cubana. Segundo a prefeitura, ela já comunicou que deixará o país até o dia 31 de dezembro, mas continua trabalhando até o embarque.

A Secretaria de Saúde já está articulando junto aos seus médicos efetivos de 40h para que um deles assuma a Unidade de Kubitschek, que é o local onde a cubana trabalha.

Interior

  • Colatina

Em Colatina, o último dia de trabalho deles foi nesta terça-feira (20).

Na cidade, 13 médicos faziam parte do programa Mais Médicos. Oito eram de Cuba e chegaram ao Brasil em 2014. Os moradores lamentaram a saída deles.

“Eles tinham um carinho enorme pela a gente. Eu não tenho nada a reclamar do atendimento deles. E a gente vai ficar como agora?”, questionou a manicure Leni Alves.

A decisão dos cubanos de deixar o município foi discutida nesta terça-feira (20) em uma reunião com a prefeitura. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os oito médicos cubanos realizavam em média 2800 atendimentos todo es em unidades de saúde. Até que essa situação seja resolvida, o número deve mudar.

O prefeito de Colatina disse que pode ser necessário abrir processo seletivo para contratar médicos brasileiros, que serão pagos pela prefeitura.

  • Cachoeiro de Itapemirim

Em Cachoeiro de Itapemirim, 23 médicos cubanos atuavam na cidade. A prefeitura diz que já abriu contratação de novos profissionais.

  • Linhares

Cinco médicos cubanos atuam em Linhares e deixam as atividades nesta quarta-feira (21). Os médicos receberam os agradecimentos das equipes de saúde do município pelos serviços prestados com um café de confraternização na Unidade de Saúde do Três Barras.

Com a saída dos médicos, novos profissionais serão convocados por meio de processos seletivos realizados anteriormente, para ocupar as vagas.

Vagas

Com a saída dos cubanos, um chamado do governo federal abriu 8.517 vagas para o Programa Mais Médicos em quase 3 mil municípios e 34 distritos indígenas.

O salário é de R$ 11,8 mil. Podem se candidatar os médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país. A inscrição poderá ser feita até as 23h59 de domingo (25).

Municípios

  • Afonso Cláudio – 6
  • Alegre – 8
  • Alto Rio Novo – 1
  • Aracruz – 6
  • Barra de Sao Francisco – 4
  • Boa Esperanca – 3
  • Bom Jesus do Norte – 1
  • Brejetuba – 3
  • Cachoeiro de Itapemirim – 23
  • Cariacica – 7
  • Castelo – 3
  • Colatina – 8
  • Conceição da Barra – 4
  • Domingos Martins – 1
  • Ecoporanga – 4
  • Guacui – 2
  • Guarapari – 2
  • Ibatiba – 2
  • Ibiracu – 3
  • Ibitirama – 2
  • Irupi – 1
  • Itaguacu – 1
  • Iúna – 4
  • Jaguaré – 1
  • Jerônimo Monteiro – 1
  • Laranja Da Terra – 2
  • Linhares – 7
  • Mantenópolis – 1
  • Marataizes – 2
  • Mimoso do Sul – 4
  • Montanha – 1
  • Nova Venecia – 4
  • Pedro Canário – 1
  • Pinheiros – 5
  • Ponto Belo – 1
  • Rio Bananal – 2
  • Santa Leopoldina – 2
  • Santa Maria De Jetibá – 6
  • São Gabriel Da Palha – 5
  • Sao Jose Do Calcado – 1
  • São Mateus – 15
  • Serra – 29
  • Viana – 7
  • Vila Pavao – 1
  • Vila Valério – 2
  • Vila Velha – 9
  • Vitória – 5