Assassino confesso de Genário ‘Sanfoneiro’ é preso em Vila Poranga, interior de Barra de São Francisco

Por: José Carlos Madureira

Barra de São Francisco – A Polícia Civil prendeu na última terça-feira (16) Lourival Covre Cardoso no Distrito de Vila Poranga, zona rural de Barra de São Francisco. O homem, de 52 anos, teve a prisão preventiva decretada por ser suspeito do homicídio de Genário José da Mata, o “Genário Sanfoneiro”, 68 anos, ocorrido há pouco mais de quatro meses em Vila Velha.

A prisão foi realizada pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, com apoio de policiais da 14ª Delegacia Regional de Barra de São Francisco.

De acordo com o titular da DHPP, delegado Ricardo Almeida, o detido foi o autor confesso da morte e, embora o autor tenha alegado legítima defesa, durante as investigações foram obtidos indícios de premeditação do crime. “Constatamos, por exemplo, a adulteração da placa do veículo utilizado na empreitada criminosa, que foi comprovada por meio de imagens de videomonitoramento, de testemunhas e do laudo pericial”, explicou o delegado.

As investigações apontaram que a motivação teria sido por disputa pelo imóvel onde a vítima residia. “O autor alegava ser o proprietário do imóvel, enquanto a vítima alegava ter obtido a posse do imóvel por usucapião.” completou Ricardo.
O inquérito foi concluído na última semana e o autor já foi denunciado pelo Ministério Público.

Assassinado a pauladas

O professor aposentado Genário José da Mata foi assassinado em frente à chácara onde morava no bairro Alvorada, na noite do dia 04 de junho. De acordo com a Polícia Militar, dois indivíduos teriam chegado à chácara da vítima em um veículo de passeio e iniciaram as agressões com um objeto de madeira, mas ninguém foi detido no local.

A Polícia Civil informou que a vítima morreu em decorrência de uso de arma. A ocorrência foi atendida pela equipe da Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa e segue sob investigação da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vila Velha.

Fonte: Rede Diário ES