ES tem 22 famílias desalojadas por causa das chuvas

Foto: Pancas / Amo Pancas

Vinte e duas famílias seguem desalojadas, nesta sexta-feira (9), por conta dos estragos causados pelas chuvas no Espírito Santo.

Segundo a Defesa Civil Estadual, entre as 17h de quinta-feira (8) e as 17h desta sexta-feira (9), o maior acumulado de chuva foi registrado em Pancas, no Norte do Estado. No município, três famílias precisaram sair de casa porque pedras desceram na Serra da Sapucaia.

De acordo com o boletim da Defesa Civil Estadual, atualizado às 17h desta sexta-feira, das 22 famílias desalojadas, oito são em Linhares e cinco em Vitória. Veja a lista:

Desalojados:

  • Vitória – 5 famílias
  • Cariacica – 4 famílias
  • Linhares – 8 famílias
  • São Mateus – 1 família
  • Santa Maria de Jetibá – 1 família
  • Pancas – 3 famílias

Acumulados de chuva em 24 horas

Município Quantidade (mm)
Pancas 76,31
Colatina 67,38
Barra de São Francisco 56,82
Afonso Cláudio 50,6
Linhares 40,6
Santa Maria de Jetibá 35,89
Laranja da Terra 34,79
Aracruz 30,52
João Neiva 28,46
Santa Teresa 25,66
Alegre 23,93
Guaçuí 23,82
Itaguaçu 22,67
São Roque do Canaã 21,87
Agua Doce do Norte 21,31
Fundão 19,6
Serra 18,91

Colatina

Em Colatina, a chuva forte começou no início da tarde e durou aproximadamente duas horas. Neste período, choveu 45 milímetros, a metade de toda a chuva de janeiro.

A avenida Beira Rio no trecho que passa por baixo da ponte Florentino Avidos ficou completamente alagada.

Um motorista que tentou passar pelo local ficou com o carro quase todo coberto pela água. O condutor e o carona conseguiram sair pela janela do veículo e ficaram em cima do carro, que precisou ser retirado com a ajuda de um trator.

Depois disso, uma equipe da prefeitura de Colatina esteve no local e interditou o trecho.

Vila Valério

Parte de um muro cedeu e atingiu a varanda de uma casa, no município de Vila Valério, durante a tarde desta sexta-feira (9). A estrutura da casa, no entanto, não ficou comprometida, mas a proprietária do imóvel preferiu ir para casa de parentes.

Moradores da residência vizinha, onde o muro fazia parte, não tiveram a casa danificada, mas foram orientados a sair de casa e acionar a Defesa Civil Municipal em caso de aparição de rachaduras no quintal o na estrutura do imóvel.

No município também foi registrada a queda de uma árvore, que também não deixou feridos.

Muro de casa desabou em Vila Valério, ES (Foto: Divulgação/ Defesa Civil Estadual)
Muro de casa desabou em Vila Valério, ES (Foto: Divulgação/ Defesa Civil Estadual)

Muro de casa desabou em Vila Valério, ES (Foto: Divulgação/ Defesa Civil Estadual)

Pancas

Em Pancas ocorreram vários pontos de queda de barreiras. No distrito de Lajinha, dez casas foram alagadas, porém a água baixou e somente uma família teve que sair de casa.

Além disso, pedras desceram na Serra da Sapucaia, na Rodovia ES-334, que liga Pancas a Vila Verde, deixando três famílias desalojadas.