Julio Cesar volta ao Flamengo com contrato de 3 meses: “Vontade de ser campeão”

O Flamengo anunciou na manhã desta segunda-feira a contratação de Julio Cesar. O goleiro, de 38 anos, está de volta ao Rubro-Negro após 13 anos. Ele chega com “salário simbólico” e contrato de três meses. Julio defendeu o Benfica até dezembro e retornou ao Brasil neste domingo.

– Volto feliz, com muita vontade de ser campeão e de encerrar a carreira de maneira brilhante. Se hoje sou quem eu sou, o Flamengo faz parte da minha formação como homem – disse o goleiro, ao ser apresentado com a camisa 12.

Júlio Cesar é o segundo reforço do Flamengo na temporada. Antes dele, o clube havia contratado apenas o atacante colombiano Marlos Moreno. O goleiro, que assinou por três meses, descartou qualquer possibilidade de estender o vínculo ao término do contrato.

– Não há a possibilidade de estender meu contrato. A minha situação é um projeto de três meses para que eu encerre minha carreira depois do Carioca.

CAMISA 12
O diretor executivo Rodrigo Caetano disse que a negociação partiu do goleiro, que chega com salário simbólico (R$ 15 mil) e contrato de três meses.
– Partiu dele esse desejo de voltar ao Flamengo por um prazo determinado. Quando começou a fazer o contato conosco, manifestou que na sua carreira faltaria realizar esse sonho… É bom repatriar ídolos em atividade. Vinha treinando e jogando no Benfica em alto nível. É o que a gente espera. Já digo de antemão que ele fez um contrato simbólico, que prova e comprova a paixão que ele tem pelo clube – explicou Rodrigo.
Ao lado do goleiro e do diretor executivo Rodrigo Caetano, o presidente Eduardo Bandeira de Mello comemorou a contratação e entregou a camisa 12 – até então aposentada – ao goleiro. Nos últimos anos, o número vem sendo usado apenas em competições internacionais por exigência da Conmebol.
– Rubro-negro de coração e que sempre honrou o manto sagrado. Vem para encerrar sua carreira. Essa camisa não é de goleiro, mas eu gostaria de dizer que o Julio vai usar a 12.

A camisa 12, que foi aposentada em homenagem à torcida, mas entendemos que, no caso dele, como ele está prestando uma homenagem à torcida. Nada mais justo que a torcida use esse número enquanto ele estiver conosco – disse Bandeira.

Julio Cesar deixou o clube em 2004. A primeira passagem começou aos 12 anos de idade. Alçado aos profissionais em 1997, marcou época defendendo o gol rubro-negro e conquistou três Campeonatos Cariocas, uma Copa dos Campeões Mundiais (torneio amistoso vencido 1997), uma Copa dos Campeões (conquistada em 2001 e que dava vaga para a Libertadores) e uma Copa Mercosul.
Fonte: Globo Esporte.